Jornal Caminhar Juntos – Edição n° 01

Caminhar Juntos

Há tempo vem sendo cantado nas comunidades o “Agora é tempo de ser Igreja, caminhar juntos, participar”. Esse canto tem inspirado – e muito! – minha missão episcopal e, antes, como padre. O título do nosso Jornal foi tomado desta letra.

Ao longo de 2016 foi sendo amadurecida, na reunião do clero de Paranaguá, a ideia de editar um jornal por todas as paróquias e santuários desta cidade. E agora, sustentados pela prática adquirida pelo Padre Eliel e pela equipe do jornal-informativo da Paróquia São João Batista, nasce o CAMINHAR JUNTOS – Jornal mensal da Igreja Católica de Paranaguá.

Esse jornal quer favorecer a comunhão entre nossas paróquias e santuários, garantindo informação e formação, ambas importantes para formar a consciência eclesial: “é tempo de ser Igreja”. Ser Igreja é pensar juntos, organizar juntos… caminhar juntos! Sabemos que esse caminho é desafiador, pois não estamos acostumados a agir assim. A tentação maior é aquela de cada um pensar em si: a minha paróquia, a minha pastoral, o meu movimento, o meu serviço….. o meu… a minha!

Não é necessário desprezar essa preocupação com o próprio grupo, mas a experiência de ser Igreja é aquela do “dar-se as mãos”, caminhar unidos. Assim foi que Jesus, de diferentes modos, nos ensinou: chamou os Apóstolos e formou o grupo dos Doze (Mc 3,13-14); à missão, enviou outros setenta e dois discípulos, dois a dois (Lc 10,1-2); como testamento, na última Ceia, deu-nos um Novo Mandamento, o de nos amarmos uns aos outros como ele nos amou (Jo 15,12). Essa foi também a experiência das primeiras comunidades, reconhecidas pela sua comunhão fraterna (At 2,42-47), e se torna, hoje, o convite a cada pessoa: “Agora é tempo de ser Igreja, caminhar juntos, participar”.

É Projeto divino e, por isso, requer conversão de todos nós: “viver e promover uma espiritualidade de comunhão e participação… A conversão pastoral requer que a Igreja se constitua em comunidades de discípulos missionários ao redor de Jesus Cristo, Mestre e Pastor… Hoje, mais do que nunca, o testemunho de comunhão eclesial e de santidade são uma urgência pastoral. A programação pastoral há de se inspirar no mandamento novo do amor (Jo 13,35) (DAp 382).

À Mãe de Deus, Nossa Senhora do Rosário, Padroeira da Diocese de Paranaguá, nos conduza à realização deste Projeto, para, também por esse Jornal, darmos “testemunho de comunhão eclesial e de santidade”.

Que a vida seja plena, a esperança nos encoraje e possamos viver com alegria este novo ano, 2017.

Veja o Jornal: