A sinodalidade é o caminho, algo que pertence à essência da Igreja, e é por isso que se insiste que “não é uma moda passageira ou um slogan vazio”. É algo que nos fez aprender a caminhar juntos, envolvendo a todos. Agora é uma questão de levá-lo às comunidades, às bases, e assim se mostra o compromisso de seguir o caminho, aprendendo e criando, em um itinerário pastoral que busca a conversão missionária e sinodal. Podemos dizer que o caminho foi traçado, agora precisamos da coragem de enfrentá-lo, sem esquecer algo que não é negociável: todos temos que estar juntos.

Fonte: https://www.vaticannews.va/pt/igreja/news/2021-11/assembleia-eclesial-mensagem-final-sinodalidade-pertence-igreja.html