O escudo tem no centro a cruz gloriosa de nosso Senhor Jesus, com os sinais de sua paixão: “A cruz de nosso Senhor Jesus Cristo deve ser a vida e ressurreição; foi ele que nos salvou e libertou” (cf. Gl 6,14).

Brasao_dom_edmar_peronlDo mistério da cruz brota o rio de água viva, o Espírito Santo: “Jesus ficou de pé e gritou: < Se alguém tem sede, venha a mim, e aquele que acredita em mim, beba. É como diz a Escritura: ‘Do seu seio jorrarão rios de água viva´.> Jesus disse isso, referindo-se ao Espírito que deveriam receber os que acreditassem nele” (Jo 7,37-39).

Os outros dois sinais, a estrela de oito pontas e o lírio, fazem referência a Maria e José, como exemplos luminosos de quem deixou Deus conduzir suas vidas (Lc 1,38; Mt 1,24).

UT FACIAM VOLUNTATEM TUAM – “Para fazer a tua vontade” (Hb 10,7), é o lema de Dom Edmar. Cristo fez em tudo a vontade do Pai; o Espírito Santo conduz o cristão pelos caminhos da prática da vontade de Deus; Maria e José são apresentados como modelos de quem realiza em suas vidas a vontade do Pai; e o bispo, aí representado pelo báculo, é chamado a ser fazer em tudo a vontade do Pai e ser, em Cristo, um bom Pastor, Cuidando de todo o rebanho no meio qual o Espírito Santo o constituiu Bispo, para apascentar a Igreja de Deus